Formigas Urbanas: Podem Causar um Grandes Prejuízos

Formigas Urbanas: Podem Causar um Grandes Prejuízos

Formigas Urbanas: Podem Causar um Grandes Prejuízos – Formigas urbanas: esses insetos sempre foram tratados como inofensivos eles podem causar grandes prejuízos econômicos e riscos à saúde.

As formigas são insetos eusociais (comumente chamados de insetos sociais), isto é, vivem em colônias ou em ninhos, onde cada uma trabalha para todos os membros e não somente para si mesma. Uma colônia de formigas ilustra um modo perfeito de sociedade comunitária, difícil de o homem copiar e que talvez nunca consiga ser igualado.

Os ninhos das formigas urbanas, de uma maneira geral, consistem de um sistema de passagem ou cavidades que se comunicam umas com as outras e com o exterior. Algumas espécies de formigas urbanas constroem seus ninhos no solo e plantas, no interior de residências (sob azulejos, batentes de portas, pisos, etc.), ou ainda ocupam cavidades na madeira ou em troncos de árvores.

Um ninho típico de formigas urbanas gira em torno da rainha, uma fêmea que foi fecundada. Ela não dita ordens, mas é a mãe da colônia. Seu único papel parece ser o de colocar ovos.

Dos ovos nascem as larvas que, de acordo com a alimentação que recebem, podem se tornar operárias ou fêmeas férteis. As larvas são esbranquiçadas, não possuem pernas, são alongadas e afiladas na região da cabeça. Elas são completamente independentes das operárias tanto para locomoção, quanto para alimentação.

As larvas das formigas urbanas passam por vários estágios de desenvolvimento denominados instares, os quais variam em quantidade de espécie para espécie.

Quando totalmente desenvolvidas, transformam-se em pupas esbranquiçadas, fase intermediária entre o estágio larval e o adulto. As pupas das formigas urbanas são dependentes das operárias somente para locomoção, uma vez que não se alimentam.

Algumas espécies de formigas urbanas possuem características que as tornam aptas a viver em ambientes extremamente perturbados como estruturas humanas, sendo denominadas formigas urbanas.

As espécies variam de 20 a 30 e são encontradas de norte a sul do Brasil. Mesmo ocorrendo o aumento de formigas nas cidades brasileiras, as espécies são quase sempre as mesmas. Uma das características que quase todas as espécies apresentam é a presença de várias rainhas dentro da mesma colônia.

Algumas espécies de formigas urbanas são frequentes em hospitais como:

Paratrechina longicornis (formiga louca)
Pheidole ssp. (formiga cabeçuda)
Tapinoma melanocephalum (formiga fantasma)
Camponotus ssp.

A ocorrência de formigas urbanas nesses locais provoca incômodo, mas, mais do que isso, permite a contaminação dos ambientes, uma vez que as formigas têm potencial para carregar bactérias e fungos em seus corpos. Esses microrganismos, na maioria das vezes, são patogênicos ao homem, podendo causar infecções.

O mesmo ocorre quando as formigas urbanas passeiam em cozinhas industriais. Sua capacidade de carregar microrganismos promove a contaminação dos alimentos, o que pode ocasionar intoxicações alimentares.

Formigas no ambiente urbano podem também causar alergias ao homem, uma vez que algumas espécies picam e injetam veneno. Dependendo da resposta alérgica da pessoa picada, pode ser relatada dor no local, coceira e até choque anafilático, que pode levar a vítima a morte.

Formigas lava-pés (Solenopsis ssp.) são as vilãs em caso de acidentes por picadas e devem ser controladas quando presentes em creches, jardins, praças e escolas, ou seja, locais frequentados por crianças, as mais suscetíveis a terem choque anafilático.

O controle das formigas urbanas é difícil, uma vez que seus hábitos de fazer ninhos e comportamento as tornam a quase invencíveis. A preocupação com o movimento inicial, para avaliar os índices de infestação e as espécies presentes é muito importante.

Conhecer a biologia das espécies encontradas é um passo bastante importante para o sucesso no controle, pois facilita a tomada de decisões para a utilização do melhor produto. Ao se controlar formigas urbanas, na maioria das vezes, a utilização de iscas tóxicas é o caminho mais seguro e eficiente.

O alimento contaminado por uma molécula inseticida em baixa concentração, permite que as operárias forrageiras o levem até os membros da colônia que estão dentro do ninho (crias, operárias e rainhas), transfiram a eles o alimento contaminado, quando então ocorre a morte da colônia. Entretanto, há necessidade de avaliação sistemática da atratividade da isca. Aquelas rejeitadas pelas formigas passam a não ser desejáveis, pois não cumprirão seu papel de controle.

Assim, como qualquer outra praga urbana, deve-se conhecer bem os comportamentos e hábitos das formigas urbanas que infestam estruturas internas e peridomiciliares, deve-se investigar os locais de sua ocorrência, bem realizar o monitoramento constante para que haja o sucesso do controle.


Desentupidora Porto Alegre

Construsul Dedetizadora Porto Alegre 

Formigas Urbanas: Podem Causar um Grandes Prejuízos

Construsul Dedetizadora Porto Alegre: Serviço de Dedetizadora Porto Alegre, Empresa de Dedetização em Porto Alegre. Conte com Nossa Empresa Desde 1980 em todo o Rio Grande do Sul. Centro, 24 Horas, Zona Norte, Zona Sul. 


www.construsulDedetizadora.com

www.construsulDedetizadora.com.br

Central de Chamados: 3094-2083

Email: construsulportoalegre@hotmail.com


Dedetizadora, Dedetizadora Porto Alegre, Dedetizadora em Porto Alegre, Empresa Dedetizadora, Empresa Dedetizadora Porto Alegre, Serviço de Dedetizadora , Serviço de Dedetizadora Porto Alegre, Dedetização, Dedetização Porto Alegre, Empresa Dedetização , Empresa Dedetização Porto Alegre, Serviço de Dedetização, Serviço de Dedetização Porto Alegre, Dedetizadora Porto Alegre Zona Norte, Dedetizadora Porto Alegre Zona Sul, Dedetizadora Porto Alegre 24 Horas

Construsul Desentupidora construsulportoalegre@hotmail.com  

Conheça Nossos Serviços
Empresa Desentupidora Desde 1980