Água Voltando Pelo Ralo Do Banheiro

Água Voltando Pelo Ralo Do Banheiro
Desentupidora Porto Alegre

Água Voltando Pelo Ralo Do Banheiro Oque Fazer ? – O ralo do banheiro está te dando dor de cabeça? A água está voltando pelo ralo e não há o escoamento como de costume? Este é um sintoma claro de entupimento da tubulação que merece atenção e reparo imediato para evitar maiores danos. Entenda porque esta situação é emergencial e veja como resolver o problema.

Pois junto com esse aparente entupimento, ela alega que problemas começaram a surgir na época de vazamento e falta d’água. São problemas como, baixa pressão no chuveiro, demora para completar a caixa acoplada do vaso sanitário e vaso sanitário com nível d’água baixo (aparente entupimento). Realmente é o Condomínio que deve tomar alguma ação sobre este ocorrido, sob a alegação de que um vazamento na rede de Distribuição.


Água Voltando Pelo Ralo Do Banheiro – Possíveis Motivos 

Que é muito provável que estamos diante de um caso de entupimento, já sabemos. No entanto, este entupimento seria de qual natureza? A primeira coisa a fazer nestes casos é levantarmos hipóteses. É muito comum, por exemplo, que neste caso, estejamos diante do entupimento na linha de esgoto principal.

Esta linha é a que conecta todas as demais redes de canalizações de um imóvel. Se não se soluciona imediatamente a questão da obstrução.Outra hipótese é que o motivo da água voltando pelo ralo do banheiro seja ocasionado pelo entupimento do chamado tubo de drenagem, que por sua vez, está ligado aos drenos do chuveiro e vaso sanitário.


Água Voltando Pelo Ralo Do Banheiro – O Que Causa o Entupimento

Falando especificamente do ralo localizado no box do chuveiro, a principal causa de entupimento na região se deve ao acúmulo de pelos corporais, como barba e fios de cabelo, por exemplo. Restos de sabonete também podem contribuir para a obstrução do ralo, em alguns casos.

Pois junto com esse aparente entupimento de água voltando pelo ralo do banheiro, ela alega que problemas começaram a surgir na época de vazamento e falta d’água. São problemas como, baixa pressão no chuveiro, demora para completar a caixa acoplada do vaso sanitário e vaso sanitário com nível d’água baixo (aparente entupimento). Realmente é o Condomínio que deve tomar alguma ação sobre este ocorrido, sob a alegação de que um vazamento na rede de Distribuição.


Água Voltando Pelo Ralo Do Banheiro – Qual é a Melhor Opção?

Para efetuar o desentupimento do ralo e evitar que a água retorne, inundando todo o ambiente, a melhor opção é contratar ajuda especializada. A Desentupidora Fortaleza, por exemplo, atua há vários anos no segmento de desentupimento de ralos e desentupimentos em geral, com uma equipe de profissionais comprometida em proporcionar soluções sob medida.

Um morador procurou o Síndico, pois 2 ralos de seu apartamento tiveram a água voltando pelo ralo do banheiro, molhando e sujando um pouco a área em torno do ralo. Vistoriamos o apartamento e caixas e gordura e esgoto e, aparentemente, está tudo normal. O mesmo foi constatado por encanador enviado por nossa Seguradora. Principalmente, a esposa deste morador, deu a entender que este é um caso que deve ser visto pelo Condomínio.

Essa é a única unidade com essa reclamação (temos 80 apartamentos), 1 mês e meio após conclusão do reparo do vazamento. De qualquer forma, tomamos algumas ações, como chamar uma Empresa para verificar as caixas de gordura e esgoto e também uma breve vistoria no apartamento, pretendendo fazer o serviço de desentupimento do cano de esgoto (caso seja constatado) e limpeza da caixa de gordura. Após a conclusão deste serviços, se o problema persistir, a unidade deve se responsabilizar pelos próximos serviços a serem realizados, dentro da unidade, certo?


Água Voltando Pelo Ralo Do Banheiro – Soluções Caseiras Ou Especialista ?

Pode não ser agradável, mas qualquer entupimento tem remédio alguns mais caros que outros. Soluções caseiras são possíveis: há desentupidores por sucção ou produtos  em pó ou líquido  específicos para isso disponíveis no mercado para aqueles que querem tentar consertar o problema antes por conta própria.

O precinho é atrativo: um desentupidor pode custar a partir de R$ 4. Os outros produtos, normalmente com base de soda cáustica.Se para alguns problemas, as medidas caseiras realmente são eficazes, em outros casos o buraco é mais embaixo. Ou melhor, o entupimento é mais profundo. Nesses casos, só recorrendo a um auxílio profissional para evitar mais dor de cabeça. Pode ser chato, mas é preciso pesquisar e comparar os preços e serviços.


Água Voltando Pelo Ralo Do Banheiro – Prevenção

Medidas simples previnem o incômodo com um encanamento entupido e podem evitar problemas: Evite que cabelos se acumulem no ralo ou pia do banheiro; Não jogue papel higiênico em excesso, fraldas, absorventes, fio dental, cotonetes, cabelo; Na cozinha, restos de comida, borra de café e óleos não devem ser escoados pela pia ou encanamento da máquina de lavar louça;

Para evitar que cabelos ou comida se esvaiam pelo ralo, uma opção é usar uma rede de proteção. Existem produtos de vários tamanhos, de acordo com o tamanho do ralo; Escoamento de água lento na pia, ralo e mesmo no vaso sanitário indicam que há algum problema, entupimentos e obstruções parciais, que precisam de manutenção;

Usar arames ou objetos pontiagudos para desobstruir os canos pode gerar mais problemas. Dê preferência para produtos; Produtos corrosivos, como a soda cáustica, em grandes quantidades podem ter efeito contrário e estragar o encanamento. Levante a mão aquele que nunca sofreu com um entupimento em casa ? seja na pia, no vaso sanitário ou em ralos.

A água que vai acumulando e não desce de jeito nenhum é um sinal de que alguma coisa por ali entupiu. Preparar um arsenal contra as obstruções nos encanamentos, com desentupidores e soda cáustica é uma saída para não ficar na mão na hora do desespero, mas existem algumas medidas que merecem atenção e podem evitar o surgimento do problema.


Água Voltando Pelo Ralo Do Banheiro – Veja o Que Fazer Quando Entopem

O engenheiro civil e professor do curso técnico de edificação e transações imobiliárias do Instituto Federal do Paraná (IFPR) Paulo Yamamoto lembra que os cuidados com o esgoto doméstico devem começar na hora do projeto da casa ou apartamento. O projeto de esgotamento deve ter tubulações separadas para coleta da água usada na pia da cozinha, no tanque de lavar roupa.

Na cozinha, deve haver uma caixa de gordura e as tubulações devem ter diâmetros adequados e inclinações mínimas. “Isso possibilita o escoamento com velocidade suficiente para evitar a sedimentação e impregnação de resíduos nos canos”, explica. Uma dica importante é dispor de uma cópia do projeto hidro-sanitário da residência. Isso facilita a localização da posição das tubulações e conexões na construção e é uma mão na roda.

Na hora de resolver um problema. Além disso, fazer verificações no esgoto doméstico é essencial. Uma recomendação de especialistas é realizar esse check up a cada seis meses, fazendo as limpezas de caixas de gordura, sifões e outras ligações nas tubulações.


Água Voltando Pelo Ralo Do Banheiro – Indícios

A água que não escoa rapidamente ou borbulha é o primeiro sinal de que há um problema. “Isso indica que o encanamento está com problemas de estrangulamento do diâmetro em decorrência da impregnação de gorduras ou resíduos de alimentos ou por causa do acúmulo de cabelos ou outros objetos que entopem os sifões e conexões”

Diz. Na cozinha, o acúmulo de gordura na caixa específica para isso por falta de limpeza regular também causa entupimento. Antes de correr com o desentupidor em riste pela casa, é bom checar as peças de ligação, como sifões. Se não houver problema, mão na massa: tente resolver o problema com soluções caseiras ou procure ajuda profissional.


Água Voltando Pelo Ralo Do Banheiro – Saúde Da Rede Também Depende De Você

Se você acha que jogar lixo pelo ralo não faz mal, lembre-se que o vizinho pode pensar o mesmo e isso pode gerar um problemão para todo mundo. Todo o lixo que é jogado irregularmente em vasos sanitários, pias e ralos domésticos cai na rede de esgoto da Sanepar, no caso do Paraná, e o acúmulo desses materiais nas tubulações pode ocasionar problemas.

No ano passado, as estações de tratamento de esgoto da Sanepar em Curitiba e municípios da região do Alto Iguaçu receberam 939 metros cúbicos de lixo. Nos cinco primeiros meses desse ano, o volume de lixo chegou a 423 metros cúbicos. O material é retido nas redes de proteção das estações e encaminhado para aterros sanitários. Tudo isso  plástico, gordura, cabelo, brinquedos e até fraldas  não deveria estar nessa rede.

Que não tem condições de receber esse tipo de resíduo. O resultado é a formação de “buchas”: grandes bolas de resíduos sólidos que entopem toda a rede de esgoto ou impedem sua vazão. A falta de fluidez do esgoto pode provocar, além do mau cheiro, um refluxo do sistema nos encanamentos domésticos. Ou seja, toda a sujeira que já estava na rede pode voltar para dentro das casas, pelos vasos sanitários, ralos e pias.