Como Acabar com os Escorpiões?

Como Acabar com os Escorpiões?
Desentupidora Porto Alegre

Como Acabar com os Escorpiões? – Aprenda aqui como acabar com a infestação de escorpião com dicas úteis e funcionais. Saiba quais são os métodos mais utilizados para combater esse inseto e veja como evitá-lo. Escorpiões são pragas que podem causar perigo à vida das pessoas que vivem na casa. Os escorpiões são pestes urbanas comuns nas casas das pessoas. Dependendo da espécie destes insetos, a picada pode até mesmo ser fatal, por isso é muito importante que haja um controle para que os escorpiões não venham a causar problemas a você ou sua família.

É bom deixar bem claro que nunca se deve utilizar produtos químicos com cheiro para o eliminar os escorpiões, este animal tem sensores embaixo do dorso que detectam qualquer risco químico que o ambiente possa lhe oferecer, portanto, se a dedetizadora contratada utilizar esse tipo de inseticida desconfie, tenha certeza que essa é a pior escolha para pôr fim aos escorpiões. Confira agora algumas dicas para se livrar e deixar os escorpiões bem longe de sua residência. Os escorpiões possuem hábitos noturnos, quando saem à procura de comida.

Durante o dia, acabam por se refugiar em locais escuros de sua casa. As principais formas de se acabar com esta praga são matar os animais vivos, eliminar com seus postos de refúgios e suas fontes de alimentação, além de manter também o ambiente inóspito para os escorpiões. Confira mais detalhes nos tópicos descritos a seguir.

O que é Escorpião?

Escorpiões não são insetos, e sim aracnídeos. No Nordeste do Brasil, muitos chamam os escorpiões de lacrau, havendo inclusive certa confusão deste mesmo termo, usado para centopeias ou lacraias. A confusão originou-se de Portugal, onde se usam além de lacrau, alacrau e lacraia. No Maranhão, os escorpiões são conhecidos também como rabo-torto e em Minas Gerais, como carangongo. Muitos confundem também os insetos da Ordem Dermaptera, as conhecidas lacrainhas, comuns em certas praias brasileiras, com os escorpiões. Os escorpiões são providos de brânquias, e de pernas com uma só unha terminal, como as dos caranguejos e, por isto, não conseguem subir em locais muito lisos.

Os escorpiões possuem hábitos noturnos, abrigam-se sob pedras, troncos caídos, buracos no solo, ondem cavam galerias, cascas de arvores, pilhas de tijolos e telhas. Escorpiões se alimentam de baratas, aranhas, grilos, cupins e outros artrópodes. Se a vítima oferecer resistência às picadas de seus palpos, o escorpião usará de seu veneno do aguilhão (telson) existente na ponta de sua cauda, picando-a para paralisá-la. O canibalismo é comum entre os escorpiões. As fêmeas se alimentam de alguns de seus próprios filhotes, após o parto e em busca de alimento, um escorpião pode matar e se alimentar de outro, para tirá-lo da disputa.

Curiosidades sobre Escorpiões

Não são encontrados apenas na Antártida. Podem viver em desertos, caatinga, cerrados, florestas temperadas e pluviais. Algumas espécies de escorpiões vivem em áreas de marés e até suportam submersão temporária. O menor escorpião conhecido, o Typholochactas mirchelli, mede 9 mm e o maior, o Hadogenes troglodytes pode chegar a 21 cm. As cores deste artrópode geralmente são amarelo, castanhos, marrons e quase pretos e suas variações tonais. O corpo do escorpião é formado por uma carapaça e dividido em prossoma ou cefalotórax e o mesossoma (abdome) com sete seguimentos e o metassoma, erradamente chamado de cauda, mas que faz parte do abdome com 5 segmentos, mais o telson que é a vesícula de veneno e ferrão.

Os palpos são as mãos ou pinças, que servem para segurar a presa e as quelíceras são pequenas e dentadas, para triturar a presa. Os escorpiões possuem cutícula (pele) fluorescente à luz ultravioleta. Possuem um par de pentes sensoriais com os dentes pectíneos localizados na parte de baixo, no abdome, e que não são encontrados em nenhum outro animal.

Acabe com os Escorpiões e Proteja sua Casa

Escorpiões adoram lugares úmidos para permanecer, acasalar e repousar. Para evitar os escorpiões, limpe e tente manter ventilação sobre cantos, armários, pisos e vazamentos em móveis e revestimentos. Tente eliminar ainda a formação de poças na parte externa de sua residência para evitar a proliferação de insetos que atraem os escorpiões. A principal fonte de alimentação dos escorpiões são insetos. Portanto, se sua casa possui grande incidência de baratas, moscas, aranhas e outros, será necessário se livrar primeiro destes insetos para que o escorpião tenha mais dificuldades em se alimentar, vindo a morrer ou a sair de sua casa.

Os escorpiões podem ainda se alimentar de migalhas e demais restos de alimentos. A higiene deste tipo de objeto é fundamental para exterminar o escorpião em sua casa. Terra diatomácea, ou Bórax, podem ser borrifados sob as pias de sua casa. Estes lugares costumam ser habitados pelos escorpiões, e estas substâncias os repelem. Utilize ainda inseticidas ao redor de sua casa. Eles não afetam aos escorpiões, mas matam os insetos que servem de alimento para ele. Tenha cautela com o produto químico que está usando – ele pode ser nocivo aos humanos ou animais domésticos.

Para evitar que os escorpiões entrem na sua casa, é importante também tomar cuidado com os ambientes externos à sua residência. Cuide com os insetos do jardim, e tente acabar com os possíveis abrigos de escorpiões também na parte de fora do quintal. Escorpiões preferem ambientes escuros ao longo do dia. Por isso, busque manter sempre aparadas as moitas e folhagens que possam servir como um abrigo aconchegante para os escorpiões.

Na parte de dentro da casa, os ambientes mais povoados por escorpiões ficam embaixo das camas, em gavetas e em caixas de papelão. Portanto, manter “bagunça” ou objetos velhos desorganizados dentro da casa ou em “casinhas” no quintal certamente servirão de atrativo para os escorpiões lá se alojarem. Tome cuidado ainda ao lidar com pilhas de roupas e sapatos. São esconderijos muito utilizados por esse inseto.