Principais Causas de Entupimentos de Colunas Coletoras

Principais Causas de Entupimentos de Colunas Coletoras
Desentupidora Porto Alegre

Principais Causas de Entupimentos de Colunas Coletoras – Porto Alegre

Construsul Desentupidora Porto Alegre

Ligue Direto: 3094-2083 – Email: construsulportoalegre@hotmail.com


Muito comum em boa parte de condomínios e prédios, o esgoto dos apartamentos nestes locais é enviado para as colunas coletoras. Semelhante ao encanamento encontrado nas casas em geral, as colunas coletoras possuem uma estrutura vertical, e merecem o máximo de atenção no que tange sua manutenção preventiva, caso contrário, seu entupimento poderá implicar no alagamento de todo o edifício.

Colunas coletoras: principais causas e entupimento

Na verdade, semelhante ao que ocorre no esgoto das residências térreas, os agentes causadores do entupimento dos canos e tubulações, via de regra, são os mesmos, quando falamos sobre as colunas coletoras dos prédios.

Veja os principais motivos:

  • Tubulação antiga e canos desgastados;
  • Uso do vaso sanitário sem critérios, descartando dentro do recipiente, materiais como preservativos, hastes flexíveis, papel e absorvente higiênico, etc.;
  • Restos de alimentos e demais dejetos na pia da cozinha;
  • Pelos, cabelos, e demais materiais que ultrapassam o ralo do lavatório do banheiro ou do chuveiro;
  • Gordura acumulada nos canos, entre outros fatores.

Colunas coletoras: sinais de entupimento

Para saber se a coluna coletora está entupida, fique atento (a) aos seguintes sintomas:

  • Cheiro de fossa e esgoto exalando dos ralos;
  • Fluxo de água descendo de forma muito lenta na pia;
  • Barulhos nos ralos;
  • Descarga fraca, com baixa vazão.

Coluna coletora: como evitar que o encanamento fique entupido?

Adotar hábitos responsáveis e conscientes é a primeira solução para que a coluna coletora não fique entupida, ou seja, descartando objetos e materiais no lixo, ao invés do vaso sanitário, usar grades de proteção nos ralos, evitando que objetos caiam no encanamento, e claro, verificando as condições da tubulação e executando junto de uma empresa especializada, a manutenção preventiva adequada.